Sabe Uma Coisa Que Ando Pensando Muito Ultimamente? Em Nós!

– Pronto! Chegamos!

– Que lugar lindo! – Diz Bruno sorrindo e empolgado.

– Viu só? Eu te disse que era lindo. Te mandei uma foto, mas não é a mesma coisa né? Vem, vamos ficar alí. – Diz Bell sorrindo e pegando a mão de Bruno e o puxando.

– Ai ai, que garota empolgada. – Bruno diz em tom de brincadeira. – Mas é verdade, estar aqui é muito diferente. E estou amando mais ainda por estar aqui com você. Eu já estava com saudades, sabia?  – Bruno fixa seu olhar no mar enquanto fala.

– Agora que você já sabe de tudo, acho que fica mais fácil. – Bruno se vira para Bell e continua falando olhando para seus olhos. – Sabe uma coisa que ando pensando muito ultimamente?

Bell inclina sua cabeça um pouco para o lado, curiosa, e faz sinal de negação.

– Bem, ando pensando muito em nós dois juntos. Mas não juntos igual estamos aqui. Mas sim juntos de verdade, juntos para tudo, você sendo minha e eu sendo seu. – Bruno respira fundo e segura uma mão de Bell delicadamente. Com a outra mão, ele a acaricia em seu rosto suavemente, que faz com que Bell feche os olhos e se sinta calma.

– Bell, eu quero você para mim. Eu não sei você, mas eu te quero, quero cuidar de você, quero te beijar todos os dias, quero te acariciar todos os dias, quero te abraçar todos os dias, quero estar com você para qualquer coisa. Só quero você. É você quem eu quero! – Bruno fecha os olhos e puxa Bell até que ela encoste seu corpo inteiro no corpo dele.

Bruno abre os olhos e passa suas duas mãos, uma em cada lado, no rosto de Bell a acariciando. Ele abaixa um pouco a cabeça até que sua testa esteja encostada na testa de Bell e fala bem baixinho:

– Está sentindo Bell?

– O quê?

– Meu coração está acelerado só de estar aqui com você. Você sabe, eu me apaixonei por você. E mesmo você não falando muito, eu sinto que você sente algo também. No caso, suas atitudes falam mais alto. Mas eu precisava tanto ouvir algo vindo diretamente de sua boca. As vezes seu silêncio vira uma tortura para mim e não sei o que fazer. É importante Bell.

Bell o abraça e diz:

– Eu sei, mas eu não consigo dizer as coisas. Isso é algo meu. Mas eu gosto de você também, veja só onde eu te trouxe. Sempre aceito suas propostas de sair. E nunca me afastei, mesmo tendo barreiras, eu não consegui me afastar de você…

d35c14558353472ef5f12447acbe96b3

Bruno a interrompe com um beijo. E ali ficaram se beijando por algum tempo. Um beijo tão apaixonado que não precisava dizer nenhuma palavra para que ambos soubessem o futuro deles. Um beijo tão apaixonado que as bocas não conseguem se separar facilmente. Se dependesse deles, aquele beijo não teria fim, assim como todos os beijos que foram dados entre eles. Talvez eles não soubessem, mas os corações deles já estavam unidos há tempos.

– William Heleno

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: