Texto cruel demais para ter um título

https://www.youtube.com/watch?v=6-IaL3sl9Po Sente-se, vamos conversar um pouco, eu e você. Whisky? Vinho? Bom, creio que você gostaria de se abrir com alguém, mas você já não consegue, entendo! Vejo a decepção e a raiva em seu rosto, aparentemente uma grande decepção, triste! Mas quero te dizer algumas coisas. Todo mundo já se decepcionou com alguém ou... Continuar Lendo →

Pegadas na areia

Deixamos pegadas na areia naquela noite, pegadas que seguiam um rumo, o do início, pegadas apaixonadas. Os pés descalços, o mar nos tocando, a lua nos vigiando, uma noite perfeita. Naquela noite nossas pegadas escreveram um sentimento, e não há como apagá-lo, pois o vento e o mar o transformaram em história. Na mesma areia,... Continuar Lendo →

Sentimento assassinado

Me sinto culpado por quase tudo o que acontece. Me cobro por tudo. Sempre acho que posso fazer algo para mudar algo. Mas infelizmente não é assim, as vezes as coisas não estão mais em nossas mãos. Eu fiz de tudo por nossa história, por você, porém você sempre fugiu. Mas por te amar eu... Continuar Lendo →

Companhia fria

Aquela brisa gelada que vem me visitar em todas as noites frias, teima em vir sozinha, e sempre me pega do mesmo modo, sozinho e frio. Dona brisa, por que não traz contigo algo que possa me aquecer? Acender a chama que fora apagada um dia? Algo que seja verdadeiro e que não seja passageiro.... Continuar Lendo →

Quando a morte inicia uma vida

Mesmo com a escuridão presente em toda minha eternidade, eu lhe amei. Algo impossível para alguém que vive de morte, e por que não, morto? Quando nossos olhos se cruzara pela primeira vez, avistei sua alma, pura, avistei a imensidão da vida. E algo que não consigo compreender até hoje, não avistei a coisa que... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑