O Que Foi?

Trilha Sonora:

Estavam ali os dois, face a face, sentados um olhando para o outro. Ele cuidadosamente passa sua mão no cabelo dela, o colocando para trás, ainda assim continua a olhando nos olhos.

– O que foi? – Diz ela curiosa.

– Nada não, só estou olhando – Ele diz sorrindo.

Ainda sorrindo, ele aproxima sua boca sobre sua testa, e suavemente a beija. Juntamente suas duas mãos se encaixam no rosto dela. Ele a olha novamente nos olhos e beija sua boca. Boca macia e que a cada beijo, sua vontade de beijá-la só aumenta.  Ele volta a olhar para os olhos dela fixamente.

– O que foi? – Diz ela com sua voz doce sorrindo.

– Não é nada não. Que curiosa! – Diz ele sorrindo ainda mais.

Ele olha para os lados, para baixo fingindo olhar para algo. E novamente volta a olhar para ela com um sorriso pequeno de canto.

– O que foi? – Ela diz sorrindo novamente.

Ele apenas sorri e diz:

– Vem cá! – Ele a puxa cuidadosamente para que ela se aproximasse mais. Com isso ele põe sua mão na cabeça dela e a deita sobre seu peito. Ele com bastante cuidado começa a acariciar o rosto dela. Aquela pele macia e branca, que combinava com o toque dele, como se fosse um parte do outro.  Agora ela estava ali, protegida por ele, envolvida em seus braços. Ela fingia que estava normal, porém por dentro estava amando, porque as vezes o que ela mais queria era um abraço e um cantinho para se perder.

– Sabe o que foi? – Diz ele cochichando.

– O que? – Diz ela devolvendo o cochicho.

– É que você é linda demais. E é tão bom ter você por perto, sabia? Quero cuidar de você. Quero poder te fazer dormir, assim deitada no meu peito, te acariciando lentamente. Havia te dito um dia que resolveríamos de algum jeito as coisas. Quero você aqui dentro do meu abraço! Quero sua boca junto da minha!

Ela sem saber o que dizer fica quieta. Porém, não está quieta porque quer, mas sim porque não consegue lhe dizer algo. Mas para quê dizer, se ela está ali? Para quê dizer algo se seu olhar e seu sorriso já dizem muito?

– Hey! – Ele a chama.

Ela olha pra cima com seu olhar emocionado e fica olhando para os olhos dele.

– Eu gosto muito de você! Entende? É isso! Por isso eu te olho tanto, te encaro.

tumblr_mcd27cjze11rft2yxo1_500_thumb25255b125255d

Ele vai aproximando sua boca lentamente até a testa dela, até que se encontram e ali formam um grande beijo, que fica ali por vários segundos. Ao terminar, ele a olha nos olhos novamente e vê que uma lágrima sai dos olhos dela. Ele suavemente passa sua mão em seu rosto enxugando o rastro que lágrima deixava.

– Eu estou aqui. – Ele diz ainda cochichando.

– Eu sei. Eu também estou! – Ela diz emocionada.

Ela o beija.

Aquele beijo onde ambos se perdiam e que não queriam mais sair. Suas bocas se atraíam como se fossem imãs, e era difícil separar. Mas, e quem disse que  eles queriam que elas fossem separadas?

– William Heleno

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: